-->

quinta-feira, junho 11, 2015

Luva Hidden Gusset


Minha mais nova luvinha para usar no escritório, naqueles dias que Ozomi larga o ar-condicionado na temperatura Sibéria!

IMG_20150610_222503


Veja o projeto original (com a receita) aqui:



Eu usei a montagem e o arremate tubular, para deixar tudo bem redondinho e lindinho!

IMG_20150601_124025959


A pior parte, por assim dizer, ficou para a construção do desenho. Então espero que essa foto ajude quem estiver "passando por dificuldades". Eu fiz uma descrição detalhada de como *eu* executei essa luva, se te ajudar fico feliz.

IMG_20150606_182557589



Eu devo dizer que não entendi a receita. Eu consegui executar os pontos do 1/1/1 LC, mas não consegui entender onde manter os marcadores.

Mas não poderia ser dificil, já que o projeto em si, e as fotos, eram bem simples. A questão era somente achar um método para seguir a receita.

Tendo em vista que a luva se define como: uma sessão em meia + uma sessão em barra, a questão era somente como separar as duas sessões e onde posicionar os aumentos.

Como a sessão em meia aumenta ao longo da mão, os aumentos devem ser trabalhandos em meia. E como a sessão em barra diminuir até terminar, as diminuições devem acontecer sobre a sessão em barra.

Tudo começa com o 1/1/1 LC. Nesse ponto há 3 pontos envolvidos: 1 meia torcido/1 meia/1 meia torcido - depois de ter feito o 1/1/1 LC.

Com base nisso, temos que o ponto do meio, o meia normal, é o primeiro meia da sessão em meia.

Os outros dois pontos são pontos-guia.

Sendo assim, depois do 1/1/1 LC haverá:

1 meia torcido -> ponto-guia
1 meia normal -> primeiro meia da sessão
1 meia torcido -> ponto-guia

Os aumentos devem acontecer entre o ponto-guia e a sessão em meia.

A volta começa/termina dentro da sessão em meia. Qualquer ponto é bom o suficiente.

As diminuições incluem o ponto-guia e o primeiro ou o último ponto da sessão em barra.

Sendo assim, todas as voltas de aumentos e diminuições deverão ser assim:

1. Tricote em meia até chegar ao ponto guia.
2. Aumente um ponto antes do ponto guia.
3. Diminua um ponto pegando o ponto guia e um ponto da barra.
4. Tricote a barra até um ponto antes do ponto guia.
5. Diminua um ponto pegando um ponto da barra e o ponto guia.
6. Aumente um ponto depois do ponto guia
7. Tricote até o fim da volta.

O problema desse método é que, pela receita, o ponto guia deve ser tricotado em meia torcido nas carreiras sem aumento. Porém, ele é o ponto gerado a partir de uma diminuição. Isso faz com que o ponto guia seja primeiro um meia torcido, depois um meia comum, depois um meia torcido, depois um meia comum.

Também é possível perceber isso pela quantidade de projetos que dizem torcer o ponto gerado pela diminuição.

Eu decidi tricotar em meia sempre os pontos guia. Então na minha luva, os pontos guia serão sempre em meia, assim:

1. Tricote até o ponto guia em meia
2. Tricote o ponto guia em meia
3. Tricote a sessão em barra
4. Tricote o ponto guia e o restante em meia até o fim da carreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário