-->

domingo, março 01, 2015

Xale Alegria e a tal da lã lace

Então, finalmente terminei (arrematei, bloquei, pesei, medi, dobrei e guardei) o xale mais chato de se tricotar da minha vida.

O Xale Alegria:



A lã é essa, que você pode ver na minha stash aqui.

Primeiro ponto, nem pense que você vai conseguir tricotar essa lã com aquela agulha chinesa vagabunda. Eu sei porque eu tentei. Como toda madame, essa lã quer Addi Click Lace, ela é chique, né bem?

Segundo ponto, desmanchar pode ser um problema! A lã tem um cabo só, e apesar de ser fina, as vezes a impressão que dá é que ela é bem desfiadinha (seria torção o nome do que ela não tem?). Além disso a densidade dessa linha não é constante, as vezes ela é hiper-mega fina, outras vezes é fina, e as vezes você encontra um chumaço no meio.


E eu encontrei um nó no meio do meu novelo.

UM NÓ #chatiada

Terceiro ponto, essa combinação lã+agulha 3,5mm me causaram muita dificuldade na leitura do tricô das carreiras de baixo. Talvez, por ser um ponto rendado.

Bom, a lã é um saco de tricotar, esse é o veredito final. Depois de pegar o jeito, você acostuma, mas ainda assim um saco.

O xale. A receita do xale é sem graça. Um motivo rendado até um pedaço que se transforma em outro. Bem dizer, dois pontos linkados e com crescimento nas laterais.

Não há um arremate, você escolhe uma carreira para parar e para. Não há arremate.

Em se tratando de um xale grátis, acho ótimo. Nunca tinha tricotado lace e eu não ia me aventurar numa receita "desconhecida". Essa receita é indicação da lã, então fiquei confortável de seguir esse caminho.

lã dos infernos + receita desleixada = 

o xale mais lindo que já fiz na minha vida!


Quando o marido fala que esse xale é o mais lindo, é porque realmente o resultado final é algo especial!

Minha mãe chama esse xale de "xale nuvem" e concordo com ela. Esse xale ficou macio, levíssimo, lindíssimo e super chiquetozésimo!

Um xale luxuriento!

E o pior é que ele esquenta.

O que faz o xale alegria não é a receita, fico imaginando uma receita realmente bonita, com um arremate delicado, e quem sabe não triangular, mas semi-circular para um caimento perfeito. Esse xale ficaria a pérola da lupita!

Então, concluindo, não me arrependi de ter feito esse xale, agora tenho uma peça única no mundo, magnifica e rycah. Mas se fosse corajosa para fazer outro, não usaria essa receita com certeza! Procuraria muito até achar algo a altura da lã.

Não é a-toa que as tricoteiras noivas gringas vestem um xale lace em seus casamentos, é realmente o pícaro da beleza.

Mas dá um trabalho do cão!